CLUBE FM 94.1 - 2019

Desenvolvido e Gerenciado por Eduardo Sant'Ana

Após ataque, escola em Charqueadas retoma as aulas com atividades diferenciadas

Com o objetivo de realizar o acolhimento e promover a integração entre alunos, o Instituto Estadual de Educação Assis Chateaubriand, em Charqueadas, que foi palco de um ataque, retomou nesta segunda-feira as aulas que haviam sido suspensas na semana passada. No dia de hoje, porém, nada de cadernos e estudantes sentados em classe para aprender. A ideia foi promover diversas ações baseadas na descontração. Um culto ecumênico também foi realizado. 

 

O professor de Educação Física Juliano Mantovani, responsável por desarmar o agressor, um adolescente de 17 anos, e salvar vidas de alunos, já estava na escola no começo da manhã desta segunda para receber os estudantes e confirmou que hoje as aulas serão totalmente diferenciadas. "Passado o susto, a nossa principal intenção é o acolhimento dos alunos. É mostrar que a nossa escola é segura assim. Recebemos apoio da Secretaria Estadual de Educação e também da Brigada Militar. Será uma retomada com acolhimento e amor", disse Mantovani, que trajava uma camiseta com os dizeres: "+ Respeito, - violência". 

 

Mantovani recordou o momento em que não pensou duas vezes na hora de defender seus alunos. "Tudo foi rápido e a gente só pensa em manter a segurança dos nossos alunos. Eles são nossa responsabilidade e temos de tratá-los como se fossem nossos filhos", afirmou. 

 

Os primeiros alunos chegaram à escola pouco depois das 7h15min e alguns deles foram vistos trazendo bolos e cafés. Psicólogos participaram das atividades na Assis Chateaubriand. Policiais militares do 26º Batalhão de Polícia Militar foram designados para fazer o patrulhamento em frente à instituição.

 

O ataque 
 

Na tarde da última quarta-feira, por volta das 13h10min, o adolescente invadiu a escola no bairro Vila Aços Finos Piratini e atacou alunos. Dois meninos de 14 anos, duas meninas de 12, uma de 13 e uma de 14 foram encaminhados para o Hospital de Charqueadas. Eles sofreram cortes superficiais e elas escoriações adquiridas no momento em que tentavam fugir. Todos já receberam alta.

Please reload